Soltrópico

(2419) Vilanculos

8 dias / 7 noites

LIS - Diários


desde  1157 €

Inclui/ Não Inclui

PACOTE INCLUI: passagem aérea Lisboa / Maputo / Lisboa, baseada em voos TAP, em classe O na branded discount (0PC); passagem aérea Maputo / Vilanculos / Maputo, baseada em voos LAM, em classe X, com direito a 20 Kg de bagagem; Estadia de 7 noites (2 noites em Maputo e 5 noites em Vilanculos), nos hotéis escolhidos no regime alimentar indicado, transferes em Maputo; Transferes aeroporto de Vilanculos - hotel e vice-versa; Seguro de viagem Soltrópico Global Extra; Taxas de aeroporto, segurança e combustível à partida de Lisboa (537€ - devido às oscilações constantes das taxas, as mesmas estão sujeitas a reconfirmação).

NÃO INCLUI: Visto, Qualquer despesa de carácter pessoal não mencionado; Taxa de saída de Moçambique a pagar localmente no aeroporto (valor indicativo: 25 USD);

Sugerimos os seguintes dias de partida:
TAAG à Terça; Quinta; Sexta
TAP à Quarta, Sexta; Sábado
Turkish à Terça; Quinta; Sexta

DOCUMENTOS: Passaporte obrigatório, com uma validade mínima de 6 meses após o fim da viagem. VISTO: Aconselhado (a ser obtido na Embaixada ou no Consulado de Moçambique).

MEDICAÇÃO: Para passageiros em transito em Luanda é obrigatória vacinação da febre amarela. Aconselhamos a consulta do viajante.







Programa

8 dias / 7 noites

1º DIA - LISBOA/ MAPUTO Comparência no aeroporto de Lisboa, três horas antes da partida. Formalidades de embarque e partida com destino a Maputo.

2º DIA - MAPUTO Chegada a Maputo e transfer para o hotel e alojamento no regime escolhidos. Restante dia livre para atividades de carácter pessoal. Aproveite para desfrutar das maravilhosas paisagens.

3º DIA - MAPUTO / VILANCULOS Pequeno-almoço no hotel. Em hora a combinar localmente, partida para o aeroporto e formalidades de embarque com destino a Vilanculos. Chegada, transfer e aojamento no regime escolhidos. Resto de dia livre. Alojamento.

4º DIA - VILANCULOS Pequeno-almoço no hotel. Dia livre para atividades de carácter pessoal. Aproveite para desfrutar das maravilhosas praias.

5º DIA - VILANCULOS Pequeno-almoço no hotel. Dia livre para atividades de carácter pessoal. Aproveite para desfrutar das maravilhosas praias.

6º DIA - VILANCULOS Pequeno-almoço no hotel. Dia livre para atividades de carácter pessoal. Aproveite para desfrutar das maravilhosas praias.

7º DIA - VILANCULOS Pequeno-almoço no hotel. Dia livre para atividades de carácter pessoal. Aproveite para desfrutar das maravilhosas praias.

8º DIA - VILANCULOS / MAPUTO Pequeno-almoço no hotel. Em hora a combinar localmente, transporte para o aeroporto de Vilanculos para formalidaders de embarque e partida com destino a Maputo. Chegada e transfer para o hotel e alojamento no regime escolhido.

9º DIA - MAPUTO / LISBOA Em hora a combinar localmente, transporte para o aeroporto. Formalidades de embarque e partida com destino a Lisboa.

Notas Importantes e Condições Gerais de Venda

Li e Aceito as Notas Importantes do destino.

Informações importantes

Se vai viajar para um país da União Europeia utilizando como documento de viagem o seu Bilhete de Identidade/ Cartão de Cidadão, verifique se o mesmo se encontra válido.
Verifique se dispõe de passaporte válido. Alguns países exigem um prazo de validade que poderá ir até 6 meses após a viagem.
Transporte sempre consigo a receita médica dos medicamentos que esteja a tomar.

Notas Importantes sobre os destinos

Brasil
Documentos: Apresentar passaporte com validade igual ou superior a 6 meses.

Devido ao elevado número de casos de febre amarela recentemente registados em alguns Estados do Brasil sobretudo Minas Gerais, S. Paulo , Espírito Santo, Rio de Janeiro e Baía, recomenda-se aos viajantes que se desloquem a este país, antes de embarcar, que se  assegurem que estão devidamente vacinados contra a febre amarela
Taxas locais: Taxa de Turismo (varia de R$ 1,50 a R$ 3,50) por quarto e por noite, valores indicativos.
A vila de Jericoacoara, no estado brasileiro do Ceará, cobra uma taxa de turismo sustentável de R$ 5, cerca de 1,30€, por cada dia de permanência. A cobrança será feita à entrada na Vila de Jericoacoara. Valor poderá alterar sem aviso prévio.

O Morro de São Paulo, no estado brasileiro da Bahia natural, cobra uma taxa turística de R$ 15, cerca de 3,9€, por pessoa, à chegada. Valor poderá alterar sem aviso prévio.
Fernando Noronha, no estado brasileiro de Pernambuco, cobra uma taxa de preservação de R$ 69, cerca de 18€, por pessoa e por cada dia de estada, a pagar localmente. Valor poderá alterar sem aviso prévio.

Cabo Verde
Documentos: Passaporte (validade mínima de 6 meses) e visto. Para obtenção atempada de dispensa de visto, a agência de viagens deverá introduzir os dados de passaporte na reserva até 5 dias antes da data de partida. A Soltrópico não se responsabiliza por dados de passaporte mal inseridos. Caso o prazo acima referido não seja cumprido, a Soltrópico declina qualquer responsabilidade na obtenção da dispensa de visto.
Taxas locais: A partir de 01 de Maio 2013 passaram a ser cobrados no destino 2€ por pessoa e por noite até um máximo de 10 noites de estada. Este valor será pago por todos os turistas com idade superior a 15 anos directamente no hotel.

China
Documentos: Apresentar passaporte com validade igual ou superior a 6 meses.
É necessário obter visto junto da Embaixada da China em Lisboa, valor de 35€. Demora 4 dias úteis a ser emitido.

Emirados Árabes Unidos
Documentos: Apresentar passaporte com validade igual ou superior a 6 meses. Não serão aceites passaportes temporários.
O visto é concedido gratuitamente à chegada por um total de 90 dias.
Taxas locais: Existe uma taxa governamental a pagar localmente no hotel, no momento do check out, dependente da categoria do hotel. Preços indicativos da taxa, por quarto por noite: 
Hotéis 3* e 4* - 4,09 usd; Hotéis 5* - 5,46 usd.

Guiné-Bissau
Documentos: Passaporte (validade mínima de 6 meses a contar da data de saída da Guiné-Bissau).
É exigido visto, no valor de 60€ , o qual deverá ser obtido nas Embaixadas da Guiné-Bissau, designadamente em Lisboa. O visto poderá ainda ser obtido nas fronteiras terrestres ou no Consulado da Guiné-Bissau em Ziguinchor, mas recomenda-se que o pedido de visto seja efetuado antecipadamente.
Formulário de Entrada no país deverá ser preenchido a bordo e entregue uma fotografia passe.
Taxas locais : Taxa Turística por semana e por pessoa: 17€. Taxa de Pesca por semana e por pessoa: 35€.

Índia
Documentos: Apresentar passaporte com validade igual ou superior a 6 meses.
Desde 2015 que o visto, para cidadãos Portugueses, pode ser adquirido online no site https://indianvisaonline.gov.in/visa/tvoa.html. Tem um custo de 60,00 USD. O visto tem uma validade de 30 dias a contar da data de entrada na Índia.

Indonésia
Documentos: Apresentar passaporte com validade igual ou superior a 6 meses.
Desde finais de Setembro de 2015, os cidadãos passaram a beneficiar de isenção de visto de entrada na Indonésia, que anteriormente era solicitado e pago à entrada no país, desde que: a entrada ocorra por um dos cinco aeroportos principais da Indonésia ou nove portos de mar. Este tipo de visto é válido por 30 dias (não prorrogável), para fins de turismo.
Não são aceites á entrada da Indonésia passaportes temporários a excepção será caso estes já tenham o visto tratado antecipadamente.

Maldivas
Documentos: Apresentar passaporte com validade igual ou superior a 6 meses.
O visto turístico é obtido à chegada e tem a duração de 30 dias.
Taxas locais: USD 7.00 (aproximadamente 5.50€) para todos os passageiros no regresso das Maldivas.
As autoridades das Maldivas OBRIGAM a apresentação de passaporte electrónico.

Marrocos
Sem prévia autorização, não é possível entrar no território marroquino com qualquer tipo de drone, ainda que meramente recreativo.
Documentos: A apresentação de passaporte válido é obrigatória, incluindo para viagens de grupos organizados.
Recomendações de Saúde para Saïdia: Para viajar uma grávida terá de completar um termo de responsabilidade que é facultado pelo Transportador ou Agente de Handling no momento do registo para embarque. Não é obrigatório um certificado médico para realizar a viagem até às 36 semanas de gravidez, no entanto, é aconselhável que a grávida se faça acompanhar por uma declaração médica atestando que está em condições para viajar. A partir das 36 semanas e até 7 dias antes da data prevista para o parto só poderá viajar se apresentar declaração médica emitida dentro dos 7 dias anteriores à data prevista da viagem (mencionando o número de semanas de gestação, a evolução da gravidez e a data prevista para o parto).

Maurícias
Documentos: Apresentar passaporte com validade igual ou superior a 6 meses.
Não é exigido visto para períodos de estadia inferiores a 2 semanas.

Moçambique
Documentos: Apresentar passaporte com validade igual ou superior a 6 meses.
Recomendamos que o visto seja tratado antecipadamente junto da representação de Moçambique em Portugal, embora já seja possível a qualquer cidadão estrangeiro, quer proveniente de país com representação ou sem representação diplomática ou consular moçambicana, obter visto no acto de entrada, nos Postos de Travessia.
Caso o seu voo seja via Angola deverá ter a vacina contra a Febre Amarela.
Para obtenção do visto à chegada deve:
- Apresentar passaporte ou documento equiparado com validade não inferior a seis (6) meses.
- Exibir garantias de subsistência.
- Exibir garantias de meios financeiros de regresso à procedência.
- Não ter sido expulso ou encontrar-se interdito de entrar na República de Moçambique.
Alertamos que que este processo à chegada poderá ser bastante moroso(preenchimento de documentos e necessidade de tirar fotografia)


Polinésia Francesa
Documentos: Passaporte de leitura óptica ou biométrico (com validade mínima de 6 meses) e ESTA.
Taxas locais: A pagar directamente nos Hotéis.
Condições especiais de Transporte e estada nos Estados Unidos .

Quénia
Documentos: Apresentar passaporte com validade igual ou superior a 6 meses.
O visto é obrigatório, pode ser obtido à chegada e tem os custo de USD 50,00 p.pessoa ou requerido  online no endereço www.ecitizen.go.ke. Neste caso aconselha-se a realização do requerimento com pelo menos cinco dias úteis de antecedência sobre a data da partida.
Vacinas: A vacina contra a Febre-amarela é obrigatória. Poder-lhe-á ser solicitado um certificado de vacinação e ser impedido o embarque em Portugal.
Informação: O Governo do Quénia decidiu proibir a entrada / utilização de sacos de plástico. Pelo que é expressamente proibido o uso de sacos de plastico ou proteção de roupa em plástico na bagagem. É proibido também a utilização de sacos de plástico para transporte de bens adquiridos antes e durante a estadia no País, como por exemplo os sacos de duty free, supermercado ou pequenas lojas de artesanato. O uso deste tipo de artigos está sujeito a sanções.

São Tomé e Príncipe
Documentos: Apresentar passaporte com validade igual ou superior a 3 meses.
Estão isentos de pedido de visto os cidadãos nacionais de Estados-membros da U.E. (apenas espaço Schengen).
Vacinas: Para passageiros provenientes de Portugal, a vacina da Febre-amarela não é obrigatória. Apenas será obrigatório para as viagens que compreendam o seu itinerário e estadia em países com risco de infecção desta doença (por exemplo Angola, Brasil).
Taxas Locais: Taxa Turística de 3€ (valor indicativo) por dia e por turista. A referida taxa deverá ser paga pelo hóspede na ocasião do check-out/liquidação da conta no hotel, e será descriminada na factura/recibo.

Senegal
Documentos: Apresentar passaporte com validade igual ou superior a 6 meses.
Desde o dia 1 de Maio 2015 não estão a ser exigidos vistos para a entrada  no Senegal, aconselha-se no entanto, na falta de informação oficial, a consulta à Embaixada do Senegal em Lisboa.

Seicheles
Documentos: O viajante deve ser portador de passaporte válido para o período da estada, mas aconselha-se uma validade superior para fazer face a eventuais imprevistos.
Os cidadãos da União Europeia não necessitam de visto de turismo e apenas necessitam de apresentar, à chegada às Seychelles, os comprovativos da viagem de regresso e do alojamento no arquipélago durante toda a estadia. A duração da estadia permitida sem visto é de 30 dias.
Vacinas: Obrigatória a vacina contra a Febre Amarela para passageiros oriundos ou em trânsito dos seguintes países: Uganda, Republica do Congo; Angola; Quénia e Etiópia. Á chegada ao aeroporto de Mahé terão de ter o seu boletim de vacinas e comprovar a toma da vacina da Febre Amarela.

Comunicado de 13/10/2017: A entrada de passageiros provenientes de Madagáscar está proibida nas Seicheles até nova informação.

Sri Lanka
Documentos: Apresentar passaporte com validade igual ou superior a 6 meses.
A entrada para estadias de curta duração está sujeita à obtenção prévia de visto on-line -Electronic Travel Authorization (ETA), mediante o pagamento de uma taxa. A ETA será válida para 30 dias a contar da data de chegada ao país e poderá ser prorrogada até um período máximo de 6 meses. A prorrogação deverá ser solicitada junto do Departamento de Imigração e Emigração com uma antecedência mínima de 8 dias face ao período de validade da ETA. Para mais informações, aconselhamos a consulta das páginas oficiais da ETA - http://www.eta.gov.lk/ - e do Departamento de Imigração e Emigração - http://www.immigration.gov.lk/.
Taxas locais: Aproximadamente 7€ à saída.

Tailândia
Documentos: Apresentar passaporte com validade igual ou superior a 6 meses.
Visto (expedido pela Embaixada da Tailândia ou pelos Consulados de representação) é somente necessário se a permanência no país for superior a 30 dias.
Informamos que o uso de cigarros electrónicos na Tailândia é completamente proibido. O transgressor terá de pagar multa ou até mesmo ser preso.

A partir do dia 01NOV17 será proibido fumar na maior das praias da Taiândia. O incumprimento desta nova lei é sancionado com multa de 100.000 bahts, cerca de 2.561 euros, ou um ano de prisão


Tanzânia
Documentos: Apresentar passaporte com validade igual ou superior a 6 meses.
O visto pode ser adquirido à chegada ao Aeroporto no destino por um custo de USD 50,00 (aproximadamente 36,60€).
Taxas de Saída: Dependendo do tipo de bilhete de avião, poderá ter de pagar uma taxa aeroportuária à saída da Tanzânia ou entre Zanzibar e o continente (cerca de 30 USD e 5 USD, respectivamente, embora os preços possam sofrer alterações).
Taxas Locais: A taxa hoteleria de Zanzibar, 1USD por pessoa (adulto e criança) e por noite, será cobrada à chegada aos hotéis, directamente aos clientes.

Tunísia
Documentos: É necessário apresentar um passaporte válido.
Não é necessário visto para estadias até 90 dias. À chegada aos aeroportos e hotéis, deve-se preencher uma ficha com dados pessoais.

Taxas Locais: Entra em vigor apartir de 01.01.18, a Taxa Turística de 3 Dinares por pessoa e por noite paga directamente na recepção do hotel reservado. Qualquer pessoa com idade igual ou superior a 12 anos deve pagar esta taxa.

Turquia
Documentos: Os cidadãos portugueses necessitam apenas de apresentar os respetivos bilhetes de identidade/cartão de cidadão, não é obrigatório passaporte.
O visto é obrigatório e pode ser adquirido através do sistema electrónico e-Visa (www.evisa.gov.tr), podendo o pagamento ser efectuado com cartões de crédito ou débito. Alternativamente podem ser adquiridos nos quiosques interactivos nos aeroportos da Turquia. No entanto, o custo dos vistos obtidos pelo site (www.evisa.gov.tr) será inferior ao custo dos vistos adquiridos no aeroporto.
Quando for solicitada a data de emissão do cartão do cidadão deverá ser indicada a data de validade do mesmo contando 5 anos para trás.

Uganda
Documentos: Apresentar passaporte com validade igual ou superior a 6 meses.
o seu pedido de visto através da internet em https://visas.immigration.go.ug
Depois de preencher o formulário de pedido de visto (em inglês)  e enviá-lo por internet, o requerente receberá uma resposta dos serviços de imigração ugandeses. Essa resposta (caso seja positiva) deve ser impressa e entregue na direcção de fronteiras e imigração ugandesa.
Vacinas: A vacina contra a Febre-amarela é obrigatória. Poder-lhe-á ser solicitado um certificado de vacinação e ser impedido o embarque em Portugal.

Vietname
Documentos: Apresentar passaporte com validade igual ou superior a 6 meses.
Deve ser feito um pedido on-line da Carta de Aprovação do visto antes de chegar ao destino, para posterior pedido do visto no Aeroporto à chegada. A Carta de Aprovação é adquirida em 2 dias úteis por um custo aproximado de USD 75,00 (aproximadamente 55,00€).
Taxas locais: Cerca de USD 15,00 (aproximadamente 11,00€) em Halong Bay.


As presentes informações não têm natureza vinculativa, funcionam apenas como indicações e são susceptíveis de alteração a qualquer momento.

Para informações detalhadas sobre outros países por favor consulte:
https://www.portaldascomunidades.mne.pt/pt/conselhos-aos-viajantes/51-conselhos-aos-viajantes/111-lista-de-paises

Li e Aceito a Informação Legal

Os programas de viagem incluídos neste website, assim como as ofertas dos referidos programas emitidos futuramente, encontram-se sujeitos às Condições Gerais. O seu agente de viagens dispõe das referidas Condições Gerais, que lhe deverão ser entregues juntamente com a documentação da viagem. Pedimos que as solicite, leia atentamente e as assine. Pode encontrar uma cópia das mesmas em: www.soltropico.pt
1. Antes de começar a viagem
1.1. Organização
A organização da viagem foi realizada pela SOLTRÓPICO - Viagens e Turismo, S.A., Operador Turístico com sede na R. Embaixador Martins Janeira, 2C, 1º D, 1750-404 LISBOA, Contribuinte Fiscal n.º 502281197, com capital social realizado de 1.100.000 euros, matriculada na Conservatória do Registo Comercial de Lisboa sob o nº 502281197, e com o RNAVT 1984.
1.2. Atualizações
As variações e/ou erratas que se detetem após a publicação dos catálogos, aparecerão publicadas na página web da Soltrópico www.soltropico.pt. Estas serão atualizadas periodicamente.
1.3. Preço
O preço da viagem organizada foi calculado segundo os tipos de câmbio, tarifas de transporte, custo do combustível e taxas e impostos aplicáveis à data da edição do programa/ folheto. Qualquer alteração ao preço dos citados elementos poderá dar lugar à revisão do preço final da viagem. Com motivo de eventos especiais, pontes, feriados locais, etc., o preço da viagem pode ser alterado sobre o preço indicado nos catálogos.

GRUPOS: os preços dos catálogos não são válidos para Grupos. Por grupo entende-se:

1) Reservas de 12 ou mais passageiros adultos.

2) Reservas em várias fases, distribuindo 12 ou mais passageiros adultos que viajem juntos em varias reservas individuais (ao mesmo destino; hotel/programa, mesmas datas).
 
A Soltrópico reserva-se o direito de recalcular o preço daquelas viagens de grupo que tenham sido feitas de forma individual para beneficiar desta promoção, assim como de informar as novas condições de contratação específicas a aplicar a estas reservas, cancelando as reservas afetadas se o cliente não pagar o valor correto antes da partida e aceite as novas condições. 

1.4 Políticas de cancelamento
Despesas Processuais de Cancelamento: A todas as solicitações de cancelamento será aplicada uma taxa de despesas processuais no valor de 20,00€.
Despesas Processuais de alojamento simples (reservas de só hotel):  A todas as solicitações será aplicada uma taxa de despesas processuais no valor de 20,00€.
Despesas de Alteração: qualquer alteração está sujeita a €12,50 de despesas processuais.
Para mais informações favor consultar as condições gerais de venda da Soltrópico.
1.5. Preços desde
Os preços indicados no web site correspondem sempre a um preço final por pessoa em determinadas saídas das datas indicadas em cada caso e inclui: o número de noites de estadia em cada hotel em acomodação dupla, no quarto e regime indicados, com transfers coletivos do aeroporto ao hotel escolhido no destino e vice-versa, seguro de viagem básico, voos de ida e volta na classe e companhias indicadas, na rota referida, e as taxas de aeroporto. Não incluem nenhum outro serviço não indicado, tais como vistos, hotéis de ligação, etc.  Consulte outras opções e mais serviços disponíveis na sua agência de viagens.
1.6. Forma de pagamento
No momento de solicitar a reserva, a Agência retalhista pedirá á pessoa que tenha adquirido ou venha a adquirir uma viagem (de ora em diante abreviadamente designado por cliente) um depósito de 35% do valor total da viagem, expedindo o correspondente recibo onde se especifique, além do valor adiantado pelo cliente, a viagem organizada solicitada. O valor restante deverá pagar-se contra a entrega dos vouchers ou documentação da viagem, que deverá realizar-se pelo menos cinco dias antes da data de saída.
1.7. Descontos
O cliente que solicita um desconto de bebé, criança ou sénior é responsável por possuir a documentação que certifique que cumpre durante toda a viagem com os requisitos para beneficiar do desconto em todos os serviços que o incluam. No caso de detetar em qualquer momento que um cliente com um desconto aplicado não cumpre os requisitos exigidos, ser-lhe-á requerido o pagamento adicional que corresponda.
1.8. Passaportes e vistos
Os documentos tanto pessoais como familiares de todos os passageiros (crianças incluídas) deverão estar atualizados e o cliente terá de comprovar que o passaporte, visto ou BI/CC são os exigidos pela regulamentação do país que vai visitar. Consulte as embaixadas e consulados correspondentes. Será por sua conta a obtenção do passaporte ou qualquer outro requisito exigido. Algumas companhias aéreas poderão negar o embarque a passeiros, que se apresentem com documentos temporários, para mais informações consultar condições de embarque da própria companhia aérea.
Os cidadãos de outras nacionalidades deverão consultar nas representações consulares ou organismos competentes os requisitos de entrada em cada país.
Caso a documentação seja contestada por alguma autoridade, ou seja, negada a entrada no país por não cumprir os requisitos que se exigem ou por não possuir a mesma, não será considerado como anulação por força maior e a Soltrópico não será responsável pelos gastos adicionais nem fará a devolução do valor da viagem. Os menores de 18 anos devem ter uma autorização escrita reconhecida pelo notário e assinada pelos seus pais ou tutores, nos termos legalmente previstos. Os menores e bebés devem ter o BI/CC ou passaporte, além de outros documentos que sejam necessários (ex. visto). É igualmente obrigatório que os menores sejam portadores não só do passaporte (quando exigido) mas também do cartão de cidadão, dado ser o único documento que identifica a filiação.
1.9. Voos
Em alguns casos, certos trajetos aéreos são realizados com uma transportadora aérea que não figura no bilhete aéreo nem na confirmação da reserva, devido ao uso de códigos partilhados e alianças que há entre companhias aéreas, não constituindo tal facto qualquer incumprimento ou cumprimento defeituoso do contrato por parte da Soltrópico.
Uma vez feito o check-in no aeroporto, o passageiro será responsabilidade da companhia aérea, e deverá dirigir-se à mesma em caso de atrasos. A equipa de profissionais da Agência Organizadora não tem acesso às salas de embarque. Por vezes os voos sofrem atrasos e as companhias aéreas mudam os passageiros de voos e inclusive de companhia aérea. O guia/motorista não estará informado já que as companhias aéreas por razões de segurança não o informam desse facto e o passageiro não terá o transfer contratado.


Neste caso, pedimos-lhe que à sua chegada ao destino, contacte nosso telefone de emergências, para que para que façam o transfer se for possível, ou apanhe um táxi até ao hotel e no seu regresso a Portugal reembolsamos-lhe o valor do mesmo, com a apresentação do comprovativo do custo do mesmo.  Alguns voos internos podem fazer uma ou mais escalas não previstas no bilhete, não constituindo tal facto qualquer incumprimento ou cumprimento defeituoso do contrato por parte da Soltrópico
1.9.1 Check-in: para evitar constrangimentos no check-in, informamos que os passageiros têm que apresentar o bilhete de avião no balcão, pois não se trata de bilhete eletrónico, nem basta apresentar o código de reserva. Sem bilhete, os passageiros poderão não ser aceites no check-in, por conseguinte, não poderão viajar, sendo considerados NO-SHOW, não tendo, por isso, direito a reembolso. Nos voos regulares, quando possível, recomendamos efetuar o check-in online antes da partida.
 1.9.2 Embarque passageiros: agradecemos que informem os nossos/vossos clientes para se dirigirem para a porta de embarque, pelo menos, uma hora antes da partida (devido às medidas de segurança aplicadas no aeroporto).
1.9.3 Transporte e Estada nas escalas Não estão incluídos transportes e estadas durante as escalas, sempre que os passageiros tenham obrigatoriedade de pernoitar ou mudar de aeroporto. Para as viagens com escala ou estada, ou paragem técnica nos Estados Unidos é obrigatório o preenchimento prévio da autorização de viagem (ESTA). Nestas viagens, todos os dispositivos eletrônicos (telefones, tablets, laptops, e-livros, jogos de vídeo, câmaras, filmadoras, etc.), parte integrante da bagagem de mão, devem ir com as baterias carregadas no momento do embarque. Os passageiros são aconselhados a levar seus carregadores de baterias na bagagem de mão. É possível carregar a bateria do dispositivo nos corredores das áreas de embarque. Isso deve ser feito o mais tardar no final do embarque do voo. Se a bateria do dispositivo está descarregada ou com defeito, o passageiro não pode embarcar no voo com o dispositivo. O passageiro deve retornar para a área de controlo e isso pode causar um atraso no voo.
1.9.4 Tarifas especiais:   alguns pacotes poderiam estar baseados em tarifas aéreas e hoteleiras cujas politicas de emissão, alteração e cancelamento são muito restritivas. Por favor consulte ao seu agente de viagens estas condições. No caso de existirem diferentes politicas e condições de emissão, alteração e/ou cancelamento prevalecerá sempre a mais restritiva.
1.10. Transfers
No caso de extravio de bagagens à sua chegada ao aeroporto, pedimos-lhe que um dos membros da reserva avise da incidência ao prestador do serviço ou o nosso representante no destino para poder efetuar o seu transfer. No caso de não avisar não se garante a prestação do mesmo. A Soltrópico apenas fará a devolução do valor suportado com o transfer com a apresentação do comprovativo do respetivo custo mais o relatório de irregularidade da bagagem (PIR).  A apresentação dos mesmos será efetuada na agência de viagens onde realizou a reserva.
O cliente que necessite de condições especiais de transfer, designadamente por possuir alguma incapacidade ou por ser acompanhado de animais (ex. Cães guia) deve comunicar tal facto à Agência com o pedido da reserva. Os transfers nem sempre vão acompanhados de um guia.
No caso de, por circunstâncias alheias ao prestador de serviços de transporte (Ex.: devido a veículos mal-estacionados, ruas cortadas, etc.), o veículo do transfer não possa chegar até à porta do hotel, o mesmo chegará até o local mais próximo possível, não constituindo tal facto qualquer incumprimento ou incumprimento defeituoso do contrato.
As horas de recolha indicadas na documentação da viagem são aproximadas e deverão ser sempre reconfirmadas localmente com os nossos representantes no destino.
1.11. Bagagens
Quanto ao transporte terrestre, entende-se que a bagagem e demais pertences pessoais do usuário sejam conservados consigo, qualquer que seja a parte do veículo em que vão colocados, e que serão transportados por conta e risco do usuário. Recomendamos aos clientes que estejam presentes em todas as manipulações de carga e descarga da bagagem.

Quanto ao transporte aéreo, ferroviário, marítimo ou fluvial da bagagem, são aplicadas as condições das companhias transportadoras, sendo o bilhete de passagem o documento que vincula as citadas companhias ao passageiro. Caso sofram algum prejuízo, demora na entrega ou extravio, o consumidor deverá apresentar no ato, a oportuna reclamação à companhia de transportes. Caso o cliente não realize essa reclamação, e em virtude disso perca o direito a ser indemnizado pela transportadora, o Organizador não assume qualquer responsabilidade por esse facto.  Atualmente existem tarifas aéreas com diferentes franquias de bagagem ou até sem direito ao seu transporte gratuito. Por favor consulte com à sua Agencia de Viagens estas condições. 
O transporte da bagagem e as possíveis consequências derivadas deste ficam fora do âmbito da gestão da agência organizadora. No caso de querer transportar para as suas férias bagagem de grande volume tais como: bicicletas, prancha de surf, tacos de golf, etc., deverá consultar e pagar o correspondente suplemento à companhia aérea. Para o serviço de transporte terrestre, deverá solicitar uma cotação especial ao nosso Departamento de Reservas, pagando o suplemento correspondente.
A companhia aérea pode cobrar suplementos ou recusar bagagens que excedam determinado peso ou dimensão.
Recomenda-se não guardar objetos de valor, medicamentos, passaporte, documentação ou dinheiro no interior da bagagem de porão. Se tem que fazê-lo, recomendamos que certifique o conteúdo antes de viajar, fazendo uma declaração de valor. A Soltrópico não se responsabiliza pelas bagagens que os clientes depositem nos depósitos de bagagens dos hotéis.
1.12. Ofertas
Em nenhum caso as ofertas/vantagens publicadas nos catálogos são acumuláveis entre si, nem com outras publicações salvo indicação expressa.
1.13. Excursões opcionais
Consultar na nossa página web www.soltropico.pt. Em algumas excursões opcionais é necessário um mínimo de participantes para poder realizá-las. O representante da Soltrópico informará aos clientes no destino das excursões afetadas e do número mínimo exigido para que se possam levar a cabo.  Caso a excursão opcional contratada não se possa realizar por não chegar ao número mínimo exigido, ser-lhes-á reembolsado, em singelo, o montante pago pela mesma.
1.14. Lua de mel
Para poder desfrutar das vantagens descritas, o casamento deve ter sido celebrado no máximo 2 meses antes da viagem e o hotel/companhia transportadora poderá solicitar documento comprovativo de tal facto.
Deverá especificar expressamente no momento de fazer a reserva na sua agência que se trata de uma lua de mel e a sua agência deverá reservar com os códigos/pacotes adequados. Para poder desfrutar dessas vantagens os hotéis exigem uma estadia mínima de noites (consulte em cada caso). As vantagens de noivos estão sujeitas à disponibilidade, tais como alojamento em quarto superior, aplicar-se-ão no caso de que o hotel considere possível e no momento da chegada, em função da disponibilidade da ocupação para os dias seguintes.
1.15. Saídas garantidas
Todos os circuitos com saídas garantidas, operam com um mínimo de 2 pessoas. Nos circuitos com saídas garantidas, caso não seja possível operar a viagem, a Soltrópico apresentará uma viagem alternativa, ou com uma viagem de características similares ou com uma vantagem económica.
1.16 Rent-a-car
Para reservas com rent-a-car informamos que o condutor necessita de ter idade mínima de 23 anos e experiência mínima de 1 ano. É igualmente necessário que o cliente tenha cartão de crédito.
1.17 Taxas de aeroporto, segurança e combustível
O valor indicado está sujeito a alterações, só sendo garantido com emissão do bilhete. Nesta altura, caso o valor tenha sofrido alteração, a Soltrópico procederá à retificação da fatura final de acordo com o novo montante.
1.18 Precauções sobre nomes incorretos
A Soltrópico não assume a responsabilidade por problemas resultantes de nomes incorretos. Confira o nome com o Bilhete de Identidade/Cartão Cidadão e Passaporte e evite assim problemas aos clientes. Todos os cidadãos da União Europeia que saiam do seu país têm de ter um documento identificativo individual válido. Não é permitido às crianças e aos bebés viajarem estando somente associadas ao passaporte dos pais, devendo para o efeito possuir um documento nacional identificativo ou Passaporte próprio.

1.19 Alteração nos tempos de fecho de voo à partida de Lisboa nos voos TAP
Informamos que os fechos dos voos no aeroporto de Lisboa são os seguintes: Américas e África 60 minutos antes da partida. Após o fecho do voo, os passageiros não poderão ser aceites. Os passageiros deverão apresentar-se para check-in (latest check-in time) até aos seguintes tempos limite: Américas e África, até 90 minutos antes da partida
 
1.20 Informação Obrigatória de Contactos dos Passageiros
Informamos que o contacto do passageiro na reserva é obrigatório. Esta obrigatoriedade prende-se com questões legais, estando a companhia aérea obrigada a informar os seus passageiros atempadamente e caso ocorra alguma irregularidade. Sem um contacto do passageiro, a companhia não poderá cumprir a sua obrigação legal, pelo que repassará para o Agente de Viagens todas as despesas em que venha a incorrer e em resultado de reclamação de passageiros com base na falta de aviso atempado de cancelamento de voos e por inexistência de contacto do passageiro na reserva. Assim sendo, as agências devem sempre informar o contacto dos passageiros. Caso a agência deseje colocar o seu contacto ou não o forneça, ficará responsável por todas as despesas em que venha a incorrer em resultado de reclamações apresentadas por passageiros com base na falta de aviso atempado de cancelamento de voos, nomeadamente, despesas com o pagamento de indemnizações ao abrigo do Art.º.º. 7º do REG e/ou de sanções aplicadas pelos organismos responsáveis pela execução do REG, e despesas judiciais.

1.22 Informação dados de passaporte Passageiros com origem em Países não-Schengen
Com efetividade a 24 de julho de 2013 passou a ser requisito obrigatório a inserção de SSR DOCS (por exemplo, dados de passaporte) em reservas de todos os passageiros que viajem para Portugal provenientes de países não-Schengen ou que transitem Portugal vindos desses países. A falta dessa informação acarretará coimas às companhias aéreas, que poderão ter de tomar medidas sobre os clientes que não cumpram esta regra das autoridades portuguesas. Esta informação é absolutamente obrigatória para assegurar a aceitação dos passageiros nos aeroportos, evitando constrangimentos e atrasos causados pela necessidade de inserção desses dados no check-in.
2. Durante a viagem
2.1. Alterações voluntarias
A Soltrópico informa que, no caso de que o cliente, uma vez iniciada a viagem, solicite voluntariamente qualquer modificação aos serviços contratados (ex.: ampliação das noites de estadia, alterações de hotel, regime ou voos, etc.) os preços dos serviços turísticos poderão não corresponder com os publicados no catálogo/oferta que deu lugar à contratação.
Neste caso, os transfers entre os hotéis serão por conta do cliente, devendo o cliente pagar os gastos de gestão, como consequência dos trâmites da nova reserva efetuada, ou da alteração do voo solicitado.
2.2. Documentação da viagem
A Soltrópico não assume qualquer responsabilidade em caso de extravio de documentação da viagem (voucher de hotel, bilhetes aéreos, voucher de circuitos, etc.) por parte do cliente que ocasione a perda de serviços.
2.3. Roubos/Furtos
A Soltrópico não se responsabiliza pelas perdas que possam sofrer os clientes, em virtude de qualquer delito perpetuado durante a viagem ou a sua estadia no destino. Mesmo assim, informamos que devem dar conhecimento às autoridades administrativas ou policiais da zona os efeitos sofridos.
2.4. Dias feriados
Nas festas/feriados próprios de cada país e cidade existe a possibilidade dos transportes, lojas, museus, espetáculos, etc., variarem os seus horários habituais e inclusive permanecerem fechados sem prévio aviso, a entrada em tais estabelecimentos pode demorar-se mais devido à grande assistência de público. Do mesmo modo esses dias feriados/festivos podem alterar o trânsito das vias e prolongar a duração dos transfers. No caso de existirem ruas cortadas ao trânsito que impeçam a chegada ao hotel, o transfer da bagagem do ponto de paragem da viatura ao hotel será por conta do cliente.
2.5. Cartões de crédito
Alguns hotéis têm como política interna solicitar no momento do check-in o número do seu cartão de crédito como garantia de pagamento de eventuais serviços extras (consumo telefónico, minibar, etc.). No dia da saída, se não tiver incorrido em gastos extras, solicite que lhes seja devolvido o impresso assinado em branco com os dados do seu cartão de crédito.
Caso os clientes comprovem que o hotel lhes bloqueou uma quantia monetária, é aconselhável que se dirijam à sua entidade bancária para solicitar uma atualização dos movimentos do seu cartão, uma vez que os hotéis o desbloqueiam no momento da saída do hotel. Contudo pode dar-se o caso que se demore uns dias até que apareça refletido nos extratos ou movimentos do cartão dos clientes. A agência organizadora não será responsável por débitos realizados por empresas alheias à mesma.
2.6. Alojamentos
O organizador não assume a responsabilidade no caso de que em alguma convenção, evento ou congresso especifico e em determinado momento, o cliente tenha, por determinação das autoridades dos respetivos países, que mudar para um hotel de categoria inferior, sendo neste caso reembolsado pela diferença. Do mesmo modo poderá substituir uma excursão programada por outra.
2.7. Itinerário/Pontos de encontro/Horários
Todos os itinerários publicados podem estar sujeitos a alterações no destino, devido a problemas climatéricos ou operativos. Devido às alterações de programação das companhias aéreas, as datas de saída ou itinerários assinalados nos diferentes programas poderão sofrer modificações durante o período de validade dos catálogos.
O passageiro deverá assegurar-se do ponto de saída e horário do seu circuito, expressamente indicado em cada itinerário. A não apresentação poderá supor a perda de serviços sem direito a devolução dos valores correspondentes. Este caso poderá ser aplicado se em rota o passageiro não se apresenta às horas indicadas pelos guias ou assistentes.
3. Hotéis
3.1. Importante
- Os serviços, atividades e instalações complementares podem ter um custo adicional sujeito a alteração com pagamento direto, SENDO A SUA PUBLICAÇÃO SIMPLESMENTE A TÍTULO INFORMATIVO.

- Pode dar-se a circunstância de que o hotel somente emita em aberto os canais públicos, pelo que deverá pagar um suplemento para puder visualizar os canais de televisão privados.

- Dependendo do número de clientes e da sua nacionalidade, os hotéis reservam o direito de programar as suas atividades exclusivas em idiomas estrangeiros.

- É habitual que os hotéis exijam para o serviço de refeições indumentária própria.

- Algumas instalações em alguns hotéis só operam exclusivamente em determinadas datas e não toda a temporada como, por exemplo, o ar condicionado, aquecimento, piscinas, jacuzzis climatizados, restaurantes, etc., bem como os horários de abertura desses serviços. Os serviços de ar condicionado / aquecimento podem estar sujeitos aos horários estabelecidos pelo estabelecimento hoteleiro.

-Spa/Thalasso: em caso de gravidez é possível que algumas instalações e serviços estejam contraindicados, pelo que o estabelecimento hoteleiro reserva-se o direito de permitir o acesso a ditas instalações.

- Os serviços descritos podem ser modificados (ampliados ou reduzidos) unilateralmente por parte do hotel com comunicação prévia, pelo que a descrição do catálogo é orientativa. Para conhecer a descrição dos serviços incluídos em tempo real antes de contratar, consulte o catálogo na Web www.Soltrópico.pt

- Para os destinos da Tunísia e Marrocos, as reservas de casais que incluem um cidadão de nacionalidade tunesina ou marroquina respetivamente, necessitarão um certificado de casamento para poder hospedar-se no mesmo quarto. Caso contrario, o hotel poder-lhes-á recusar a reserva no destino.
- Em alguns países podem existir taxas turísticas com pagamento local. Consulte à sua agencia de viagens.
3.2. Entradas e saídas
Na maioria dos estabelecimentos, o quarto estará à sua disposição das 14:00 horas do dia de chegada até às 11:00 ou 12:00 horas do dia de saída, conforme a política de cada hotel.  Se o avião de regresso é pela tarde, o hotel poderá manter os seus pertences (consulte no Hotel) e o cliente também poderá permanecer no mesmo até à hora da saída. Nestes casos e para os clientes em P.C. ou T.I. o hotel reserva-se o direito de dar o serviço alimentar. Nos voos cuja chegada ao ponto de destino se realize depois das 12:30 horas, o primeiro serviço do hotel (quando esteja incluído na viagem) será o JANTAR.
Os voos cuja chegada ao ponto de destino se realiza depois das 18:00 horas, o primeiro serviço do hotel será o ALOJAMENTO.
Em certos casos e devido à hora do transfer ao aeroporto ou vice-versa, poderá existir a possibilidade de que não se possa usufruir do serviço de pequeno-almoço, almoço ou jantar nesse mesmo dia, não constituindo tal facto qualquer incumprimento ou cumprimento defeituoso do contrato
3.3. Quartos
Todas as características referidas baseiam-se em Acomodação Dupla Standard, podendo não ser ajustada ao resto das acomodações. As terceiras pessoas e as crianças que partilhem acomodação, normalmente são alojadas em sofá-cama, ou em duas camas de casal, ou numa cama King Size, ou cama extra ou beliche, já que na maioria dos hotéis não existem verdadeiros quartos triplos/ quádruplos. Os quartos duplos poderão ter duas camas separadas ou uma só cama válida para duas pessoas, sujeitas à disponibilidade do hotel. Os clientes devem ter em conta que acomodar terceiras e quartas pessoas dentro da mesma unidade, reduz consideravelmente o espaço livre dos quartos.
3.4. Categorias
Independentemente da informação sobre a categoria oficial do estabelecimento em cada país, podem ser incluídos, para sua melhor compreensão, indicações relativas à categoria, tais como três estrelas superior, semiluxo, etc. que não se encontram reconhecidas oficialmente e correspondem a uma valorização subjetiva do estabelecimento ou da SOLTRÓPICO.

3.5. Galas de Natal e Fim de Ano
Alguns hotéis modificarão a meia pensão e a pensão completa para dar um serviço adequado nestas datas. Regra geral os clientes em pensão completa não poderão desfrutar do jantar incluído no seu regime sendo que este valor não é reembolsável. Ainda assim, os estabelecimentos podem decidir celebrar galas não previstas. Neste caso o cliente poderá reservá-las diretamente. Consulte à sua chegada ao hotel. O conceito de Galas pode significar jantares especiais ou buffets reforçados.
Alguns hotéis com Tudo Incluído têm um suplemento obrigatório para as Galas de Natal e Fim de Ano. Existe a possibilidade de que as bebidas das Galas não estejam incluídas dentro das mesmas, e devem pagar-se à parte.
3.6. Regimes
S.A. Só Alojamento
A.P.A. Alojamento Pequeno-almoço
M.P. Meia Pensão
P.C. Pensão Completa
T.I. Tudo Incluído / S.T.I. Soft Tudo Incluído
S.P. Segundo Programa
Os preços não incluem bebidas às refeições, exceto onde se indique o contrário. A maioria dos hotéis considera a MP como pequeno-almoço e jantar, não admitindo alteração do jantar por almoço.
3.7. Serviço tudo incluído.
- O cliente com regime T.I. deverá ter sempre colocada a pulseira ou identificação indicada por cada estabelecimento e mostrá-la no momento de solicitar o serviço.
- A modalidade T.I. é pessoal e intransmissível não podendo utilizar este serviço nenhuma outra pessoa.
- O Hotel reserva-se o direito de cancelar a prestação do serviço no caso de mau uso do mesmo.
- BEBIDAS: salvo indicação expressa, entende-se bebidas com ou sem álcool nacionais e internacionais na carta T.I. de cada estabelecimento.
4. Ao regressar da viagem
4.1. Regressos antecipados
A Soltrópico não tem qualquer responsabilidade em caso de abandono do estabelecimento antes da data contratada por motivos de força maior, não sendo por isso devido qualquer reembolso.
4.2. Esquecimentos no destino
O organizador não se responsabiliza pelo esquecimento de objetos pessoais no destino por parte dos clientes. Para solicitar informação sobre se os mesmos foram localizados no destino e posterior envio à sua cidade de origem, deverá entrar em contacto com o escritório do nosso recetivo. Caso sejam localizados, o gasto de envio ao lugar de origem será por conta do cliente.

Hotéis

Afrin Prestige Hotel

Afrin Prestige Hotel *****

O Afrin Prestige Hotel está localizado a 1 minuto de um jardim botânico em Maputo. ...

Avenida Maputo

Avenida Maputo *****

O Hotel Avenida situa-se a 15 minutos do Aeroporto de Maputo.

Radisson Blu Hotel

Radisson Blu Hotel *****

O Radisson Blu Hotel tem vista para o Oceano Índico e situa-se próximo do aeroporto.

Vip Maputo Hotel

Vip Maputo Hotel *****

O Hotel Vip Grand Maputo está localizado em Maputo. O hotel disponibiliza acesso Wi-Fi gratuito. Com uma vista panorâmica da cidade de maputo. ...

Casa Rex

Casa Rex ****

A Casa Rex Boutique Hotel encontra-se em Vilanculos e dispõe de vista para o Oceano Índico e para as Ilhas do Arquipélago de Bazaruto. O Aeroporto de...

Hotel Cardoso

Hotel Cardoso ****

O Hotel Cardoso situa-se em Maputo, Moçambique que tem vistas panorâmicas sobre a baía.

Hotel Pestana Rovuma

Hotel Pestana Rovuma ****

O Pestan Rovuma possuí 4 estrelas e situa-se a 7 km do Aeroporto de Maputo.

Polana Serena Hotel

Polana Serena Hotel ****

O Polana Serena Hotel está a 7Km do Aeroporto Internacional de Maputo.

Hotel Tivoli Maputo

Hotel Tivoli Maputo ***

O Hotel Tivoli Maputo situa-se em plena área comercial da baixa da cidade.

Villas do Indico Ocean Eco-Resort & Spa

Villas do Indico Ocean Eco-Resort & Spa

<!--td {border: 1px solid #ccc;}br {mso-data-placement:same-cell;}--> Vilas do Indico Ocean Eco-Resort & Spa esta localizado a 20 minutos de carro...

Girassol Bahia

Girassol Bahia

O Hotel Girassol Bahia situa-se no centro da cidade de Maputo a 7 km do aeroporto.

Girassol Indy Congress

Girassol Indy Congress

O Montebelo Indy Maputo Congress Hotel está localizado no subúrbio de Sommerschield, em Maputo e fica a 12 minutos a pé da praia. ...

Radisson Blu Maputo

Radisson Blu Maputo

Southern Sun Maputo

Southern Sun Maputo

Moçambique

10°-27° S, 30°-41° E

20º - 26º

Maputo

Tropical

19:55 horas (3 Escalas)

Metical

Curiosidades

Moçambique, oficialmente nomeada de República de Moçambique, localiza-se no sudeste do Continente Africano, fazendo fronteira com a Tanzânia a norte, Malawi e Zâmbia a nordeste, Zimbabwe a oeste e Suazilândia e África do Sul a sudoeste. Vários povos bantos migraram de norte e oeste para esta região durante os primeiros cinco séculos d.C. Até à chegada dos Europeus, existiam portos comerciais Suaílis e árabes. Vasco da Gama descobriu a área em 1498 e em 1505, foi anexada ao Império Português. Ao fim de quatro séculos sob o domínio Português, em 1975, Moçambique ganhou independência, tornando-se a República Popular de Moçambique pouco tempo depois. Dois anos após a independência, o país entrou numa guerra civil que durou de 1992 a 1997. Em 1994, Moçambique realizou as primeiras eleições multipartidárias e tem-se mantido uma República presidencial estável desde então.



Água

Para consumo é aconselhável beber água engarrafada.

Moeda e Câmbio

1€ equivale a 69,8MT. Os bancos funcionam de Segunda a Sábado das 9:00h às 13:00h. Para além da moeda nacional, o Rand da África do Sul, o Dólar Norte-Americano e o Euro são aceites, embora tenham pouca circulação. É possível fazer transacções bancárias com cartões Visa em todas as caixas de multibanco no território nacional.  

Compras e Gorjetas

O horário normal de funcionamento dos estabelecimentos comercias é o seguinte:

Segunda

8:00h - 12:00h e 14:00h - 17:00h

Sábados

8:00h - 12:00h e 14:00h - 17:00h


Regra geral, as pequenas superfícies funcionam de Segunda a Sábado, encerrando apenas para o almoço. As grandes superfícies ficam abertas ate ás 20:00h e abrem também aos Domingos e Feriados. 



Informações úteis

Hospital Central de Maputo - +258 2132 50 02;

Hospital Geral José Macamo - +258 2140 00 45;

Hospital Geral da Machava - +258 2170 81 47;

Hospital Geral de Mavalane - +258 2146 00 34;

Aeroporto de Maputo - +258 21 466 846;

serviços de urgência

Hospital

+ 2582132

5002

Bombeiros

198

Polícia

119