Tunísia

A Tunísia é um país localizado no norte de África, junto ao Mar Mediterrâneo e ao Deserto do Saara. Este destino africano tem um leque de opções a oferecer aos seus visitantes, desde bonitas praias, arquitetura impressionante, resorts, planícies salgadas ao deserto do Saara. Da costa africana banhada pelo Mediterrâneo surge, inusitada, uma Tunísia mística e entusiasmante, cujo encanto se ergue das praias, das especiarias, da cultura otomana e das raízes históricas espalhadas por todo o território.

Nos dias de hoje, o equilíbrio entre a cultura tradicional islâmica e a crescente onda de modernidade é o propósito mais procurado pelos habitantes e muito apreciado pelos turistas.

O sol visita a Tunísia o ano inteiro! Não perca as suas deslumbrantes praias de água quentinha que são uma das principais atrações turísticas do país: as do norte são rodeadas por vegetação e as do sul são donas de uma paisagem desértica admirável. Monastir e a Ilha de Djerba são as mais famosas da região.

Situados em praticamente todos os recantos da Tunísia, os banhos romanos são muito procurados pelos turistas pelas melhores razões: graças à construção romana secular, a maioria ainda se encontra em óptimo estado de conservação e muitas das características originais transformam uma viagem no tempo numa possibilidade.

Não pode deixar de visitar a Medina de Tunes, considerada pela UNESCO, desde 1979, Património da Humanidade. Garantimos que ficará impressionado com a arquitetura e cultura árabe, ao mesmo tempo que se deixa envolver pelos aromas e cores locais.

A cultura tunisiense recebeu influências árabes. Este facto é visível no artesanato tradicional e na tapeçaria típica.

Na Tunísia há uma forte tradição do chá que não se resume apenas ao acto de o beber. Na verdade é um momento social que simboliza a hospitalidade tunisiense.

Uma das festas populares do país é o Festival Internacional de Hammamet”, que se realiza entre os meses de junho e julho, no qual são apresentadas canções da região, teatro e dança. A arte e a música tunisienses também receberam uma forte influência árabe.

A culinária tunisiense é rica e variada, fortemente marcada pelas influências que recebeu dos vários povos que ocuparam o país. Tradicionalmente, uma refeição na Tunísia é constituída por salada de tomate e alface, pepinos com coalhada e um pastel chamado “brik” - pastel com recheio de ovo cozido e legumes ou carne.

No litoral a cozinha tunisiense é predominantemente à base de peixe e marisco. Um dos pratos mais típicos é a “chorba” que consiste numa sopa de peixe com tomate.

É tradição servir pão e harissa, uma pasta de pimenta vermelha picante com alho, também utilizada para temperar carne e peixe. A carne de carneiro é muito usada na gastronomia do país.

A natureza da Tunísia é maioritariamente desértica e seca devido à sua localização no norte de África e à presença do Deserto do Saara. Na zona sul é possível encontrar alguma vegetação composta por pinhais e prados. O litoral do país possui mais de 1000 quilómetros de em contacto com o Mar Mediterrâneo, com pequenas ilhas paradisíacas e belas praias.

Para entrada na Tunísia deve-se apresentar passaporte com validade igual ou superior a 6 meses. Não é necessário visto para estadias até 90 dias. À chegada aos aeroportos e hotéis, deve-se preencher uma ficha com dados pessoais. Existe uma Taxa Tunisina Local de Estadia que consiste 1 Dinar (TND) por pessoa (+12 anos) / por dia em unidade de 2 estrelas, 2 Dinar (TND) por pessoa (+12 anos) / por dia em unidade de 3 estrelas ou 3 Dinar (TND) por pessoa (+12 anos) / por dia em unidades de 3 e 4 estrelas. Esta taxa entrou em vigor a 01.01.18.

TESTE: Obrigatório a viajantes com mais de 12 anos e teste terá de estar impresso e em inglês ou francês.

    1. Na ida: É necessário possuir teste PCR negativo até 72 horas antes do voo. 
    2. No regresso: É necessário possuir teste PCR negativo até 72 horas antes do voo. 
  1. QUARENTENA: Os passageiros à chegada à Tunísia, terão de realizar um confinamento de 2 dias no hotel da estadia e após essas 48 horas terão que realizar um novo teste PCR (custo a cargo do passageiro). Os passageiros que viajam com um operador turístico, que seja charter ou voos regulares, são isentos de quarentena, só têm que apresentar um teste PCR negativo.  Estes passageiros deverão apresentar, à chegada, um voucher de reserva do operador turístico, tanto do hotel como do transfer.

  2. OUTRAS OBRIGATORIEDADES:  Preenchimento de questionário em https://app.e7mi.tn/travelers/add Será criado um código QR ao completar o formulário e esse código tem de ser mostrado no embarque do voo e aquando a chegada à Tunísia. Recolher obrigatório das 22h00 às 05h00.

** Teste Covid-19

Aproximadamente 65 euros. Mesmo com teste negativo, os portugueses só podem sair do hotel, em excursões licenciadas com guia.

Fontes de informação:

  1. Informação aos turistas

  2. Recomendações para reabertura do turismo

Data de última atualização: 28 de Abril 2021

Política de Cookies

Este site usa cookies próprios e de terceiros, de modo a proporcionar-lhe uma melhor experiência e serviço. Ao clicar em "Aceitar", autoriza o uso de cookies. Pode, no entanto, alterar a configuração de cookies sempre que pretender.

Política de cookies